Ana Carolina, mãe de Isabella Nardoni, está grávida. E ela nos dá uma bela lição sobre o luto

23 de abril de 2016 / EM: Notícias /19 Comentários

Há algo de errado em enterrar o próprio filho. O filme italiano “O Quarto do Filho”, de Nanni Moretti, venceu a Palma de Ouro no Festival de Cannes 2001 ao mostrar o luto comovente de um pai que perde o filho.
Era a ficção nos fazendo falar de morte. Sete anos depois, na dolorida realidade, acompanhamos a experiência devastadora de uma moça chamada Ana Carolina Oliveira, na época com 24 anos.

Em março de 2008, ela perdeu a filha, Isabella Nardoni, de 5 anos. A garotinha foi assassinada pelo próprio pai, Alexandre Nardoni, e pela madrasta, Anna Carolina Jatobá.
Ambos estão cumprindo pena pelo assassinato. Jatobá, condenada a 26 anos. Ele, a 31 anos.

A pequena Isabella foi jogada da janela, em um crime que chocou o país. O sofrimento de Ana Carolina, a mãe, não foi vivido com privacidade. Seus passos eram notícia. Suas atitudes, observadas atentamente, compreendidas por alguns, julgadas por outros.

1

Oito anos depois, Ana Carolina está grávida. Talvez ela nem saiba, mas seu recomeço nos ensina a falar de luto: sua importância, sua particularidade, sua dificuldade. O luto entra na vida e a vida merece o luto, por mais que ele pareça inconveniente a uma sociedade que nos pressiona a ser funcionais e felizes o tempo todo.

Em entrevista à Veja São Paulo, Ana Carolina, hoje com 32 anos, disse que precisou de auxílio para enfrentar a tragédia. “Chega uma hora em que a dor sufoca de tal forma que você precisa da ajuda de um profissional”, ela conta.

Ana Carolina diz que fez terapia três vezes por semana e teve apoio da família e da religião. “Até certo ponto, você aguenta sozinha. Mas tem uma hora em que a dor sufoca. Eu demorei dois meses para procurar terapia e cheguei a fazer três sessões por semana. Nos primeiros meses, o caso da minha filha aparecia todos os dias na TV”, ela relata à reportagem.naom_571a2a5c1ba86

Um dos maiores desafios da psicologia diz respeito ao enfrentamento da perda de um filho. “A morte é a mais fiel das companheiras, pois permanece ao nosso lado a vida toda e nos leva quando tem de levar”, afirmou, em uma entrevista realizada há alguns anos, o autor de novelas Manoel Carlos, que enterrou três de seus cinco filhos. “Durante o luto, a pessoa revê a sua vida e as expectativas que projetou para si e para a criança”, afirma Maria Helena Franco, coordenadora do Laboratório de Estudos e Intervenções sobre o Luto da PUC. “Mas a exposição pública desse processo pode fazer com que ele se torne mais prolongado.” Com o caso da morte da filha na mídia o tempo todo, Ana Carolina viveu exatamente isso.RTEmagicC_19528b04ca.jpg

Boa parte do luto de Ana Carolina foi televisionado. Em alguns momentos, entrevistas que ela dava lhe davam a sensação de ter sido usada, explica à reportagem.

Muitas pessoas vinham prestar solidariedade e a abordavam carinhosamente na rua, mas houve quem julgasse as atitudes dela, não importavam quais. “Se eu estava triste, me chamavam de coitada. Se sorria, era julgada por ter superado o luto.”

“Lutei para voltar a ser feliz, pois essa é a imagem que a minha filha tinha de mim”, diz Ana Carolina.

A gravidez está no oitavo mês e o bebê será um menino, Miguel. O marido, o administrador Vinicius Francomano, também sonha em ter um filho.

Esse é o percurso de Ana Carolina Oliveira. É particular e intransferível, conectado com o tempo e os sentimentos dela. Tão particular e intransferível como a dor de perder uma pessoa amada, assim como o momento em que cada um julga estar pronto para refazer a vida.

Veja também:

Robôs sexuais lançados no mercado poderão substituir os homens até 2025

‘Descobri aos 16 anos que nasci sem útero e minha genitália’

Para evitar amputação, homem mantém a mão dentro do abdômen

Gostou do recomeço que Ana Carolina esta tentando dar à sua vida? #GUERREIRA! #Comente!

Você também vai gostar de:

19 Comment

  1. Deus e maravilhoso!!

  2. Que Deus abençoe essa nova fase.

  3. Louvado seja Deus de dar a ela um filho.Que Deus a abencoe e a fortaleça a cada dia que esta criança nasce saudavel e traga muitas alegrias a este coraçao.Deus os abencoe.

  4. Que Deus lhe dê o Miguel e te faça mãe de novo te dando uma menina, devolvendo a Isabella pra vc. Bjo.

  5. Gostei, pois essa criança vai ser a felicidade do casal embora mais com certeza a Isabela ficara feliz com seu irmaozinho.la do céu vai está orando.

  6. Sou admiradora dessa mulher ela é incrível essa força vem de Deus…ele é contigo Ana e nunca ti desanparara…

  7. Deus é maravilhoso, Deus abencoe a mamãe e a esse príncipe que vem para iluminar ainda mais a essa guerreira.

  8. Vc merece ser feliz ! Que Deus na sua infinita bondade t protja sempre ! Parabéns pode ter certeza Isabella está feliz !

  9. Deus te abençoe a vida continua

  10. Desejo que Deus abençoe muito nessa nova etapa da sua vida e que a chegada dessa criança conforte mais o coração de ana carolina ,e seja muito feliz, lembranças sempre vai existir mas uma lembrança boa pensar os momentos bons . Bjs seja feliz sempre

  11. Jesus te ilumine sempre…sigabem frente…mulher de fibra.. mta paz luz felicidades e mt mt amor…viva!!!

  12. Deus é contigo Ana, ele sabe de todas as coisas e o tempo certo para que cada uma delas aconteça. Que ele te abençoe ricamente, o pequeno Miguel te dará muitas alegrias. Com certeza a Isabella quer te ver assim, Feliz!!

  13. Que Deus ti iluminar seu caminho ser feliz com seu bebê que Isabela está feliz saber que este bebê vai ajude ser feliz muito alegria paz no seu coração Ana coralina eu acompanhe sua história todos dias

  14. Mulher forte!! Guerreira!! Admiravel!! Q jesus cristo nosso senhor esteja acampado ao redor de voce e toda familia ! Te dando mais sabedoria e luz! Parabénsss pelo baby!

  15. Parabéns pelo pelo pequenino Miguel,que Deus te ilumine minha querida vc merece.Bjo.

  16. […] → Recomeço: Ana Carolina mãe de Isabella Nardoni está grávida […]

  17. […] → Recomeço: Ana Carolina mãe de Isabella Nardoni está grávida […]

  18. […] Nova gravidez, o início do retorno da alegria de Ana Carolina.. […]

  19. e ana carolina que deus te abençoe e te de um bom parto

Deixe seu comentário

Email (Não será publicado)